Personal trainer é morta a facadas por vizinhos após discussão

Publicado por | agosto 18, 2020 | Homicídio

Andressa Serantoni, de 28 anos, foi esfaqueada por vizinhos na tarde desta quarta-feira (12) em São José do Rio Preto (SP). A Personal trainer não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo a Polícia Militar, Andressa discutiu com um casal de vizinhos antes de ser assassinada. Equipes do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP) foram acionadas e compareceram ao local do crime.

De acordo com testemunhas, a discussão de Andressa com a vizinha, Sidileide, de 44 anos, aconteceu na calçada, em frente à sua residência. A personal trainer flagrou a mulher a filmando com um celular e foi tirar satisfações.

Joel, de 38 anos, ouviu sua esposa discutindo e foi até a calçada armado com uma faca. Segundo a polícia, o homem golpeou Andressa por diversas vezes.

Os moradores, por sua vez, relataram que Joel atacou Andressa primeiro e, já caída, ela foi esfaqueada por Sidileide. A jovem foi golpeada na região do pescoço e no tórax.

Segundo informações da imprensa local, Sidileide se incomodava com os olhares do marido para a personal.

“Os moradores mostraram onde os suspeitos moravam e os policiais pularam o muro e entraram na casa deles. Por uma janela, percebemos que eles estavam no interior da casa, mas eles se recusaram a abrir a porta. Após arrombarmos o local, o casal foi encontrado”, disse o tenente Felipe Guimarães.

No momento da abordagem, o casal estava com os quatro filhos pequenos dentro de casa. Com a mulher os policiais encontraram R$ 6.100 em dinheiro.

O casal foi levado para a Central de Flagrantes. Aos policiais, eles se recusaram dizer o motivo da discussão com Andressa. A faca usada no crime foi encontrada na garagem da casa deles. Os dois foram presos em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil.

GOSTOU DESTE POST? COMPARTILHE
Insultos, racismo e incentivo ao suicídio não serão toleráveis nos comentários. Seu IP pode ser banido, antes mesmo da aprovação por um admin. Em caso extremo, seu IP será repassado para as autoridades locais.

Comentário Fechado